Blog

Quanto tempo leva para aprender um idioma?

22 de junho de 2022 - Camila Coelho

Você provavelmente está ansioso para começar sua jornada de aprendizado de idiomas

E pode estar se perguntando quando será capaz de entendê-lo e falá-lo. É claro que essas coisas não acontecem da noite para o dia. É preciso muito tempo e dedicação para aprender um novo idioma, e isso geralmente varia com base em uma variedade de fatores.

Existem algumas estimativas de quanto tempo leva. Talvez o mais confiável seja o United States Foreign Service Institute. Eles dividiram os idiomas em quatro níveis diferentes com base na dificuldade e, em seguida, examinaram quanto tempo os diplomatas dos EUA levaram para alcançar a “Proficiência Profissional de Trabalho”. 

Veja o que eles encontraram:

  • Idiomas da Categoria I. Estes são mais semelhantes ao inglês e incluem idiomas como francês, italiano, espanhol, português e sueco. Estima-se que 24-30 semanas ou 600-750 horas de aula são geralmente necessárias para a proficiência profissional.
  • Idiomas da Categoria II. Isso inclui idiomas como alemão, indonésio, malaio, crioulo haitiano e suaíli. Estima-se que 36 semanas ou 900 horas de aula são geralmente necessárias para a proficiência profissional.
  • Idiomas da Categoria III. Esses são idiomas mais difíceis que são significativamente diferentes do inglês e incluem bengali, tcheco, finlandês, grego, hebraico, islandês, polonês, russo, tâmil, tailandês e vietnamita. Estima-se que 44 semanas ou 1100 horas de aula são geralmente necessárias para a proficiência profissional.
  • Idiomas da Categoria IV. Esses idiomas “superdifíceis” são excepcionalmente difíceis para falantes de inglês. Isso inclui árabe, chinês cantonês, chinês mandarim, japonês e coreano. Estima-se que 88 semanas ou 2.200 horas de aula são geralmente necessárias para a proficiência profissional.

Claro, você provavelmente não está buscando proficiência em nível profissional ainda. Felizmente, você pode dominar muitos dos conceitos básicos em um período de tempo muito mais curto. 

Quais idiomas são mais procurados?

Se você ainda não escolheu um novo idioma para aprender, pode estar interessado em quais são populares no momento. Se você deseja usá-lo para seu desenvolvimento profissional ou para desbloquear novos países para explorar, pode ser útil conhecer alguns dos idiomas mais procurados em todo o mundo.

Como você pode imaginar, o inglês é um dos mais falados no mundo. Com cerca de 339 milhões de falantes nativos e 1,5 bilhão de alunos de idiomas. Hoje existem mais falantes de inglês não nativos do que nativos.

 O inglês é útil para viagens, trabalho e aprendizado. Qualificações como o IELTS são populares em todo o mundo, feitas por cerca de 5 milhões de pessoas a cada ano.

Além do inglês, existem muitos outros idiomas com grande número de falantes nativos, alunos e oportunidades de trabalho, incluindo:

Chinês. Existem cerca de 1,3 bilhões de falantes nativos de chinês, com cerca de 917 milhões dessas pessoas falando mandarim. Tornar-se fluente em chinês pode criar uma variedade de oportunidades para você, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Espanhol. Cerca de 20 países ao redor do mundo usam o espanhol como língua oficial. Com mais de 450 milhões de falantes nativos, é a segunda língua nativa mais falada no mundo, atrás apenas do chinês.

Árabe. O árabe é uma língua que está crescendo rapidamente em termos de falantes, especialmente na internet. É também a língua oficial em cerca de 25 países em todo o mundo e falada em cerca de 60, o que significa que há muitas maneiras e lugares que você pode usá-lo.

Francês. Cerca de 51 países ao redor do mundo falam francês, ficando atrás apenas do inglês e do árabe em prevalência. Além disso, é uma língua que está sendo falada em muitas das áreas de crescimento mais rápido do mundo.

Russo. Existem quase 150 milhões de falantes nativos de russo, bem como mais de 120 milhões de pessoas que o falam como segunda língua. É o oitavo idioma mais usado globalmente.

 

Aprender outros idiomas é a chave para o sucesso profissional internacional.

Saiba mais sobre essa trajetória em nossos artigos no Blog da FALA Education.