Como acelerar seu inglês na quarentena

Estamos em maio e já se passaram quase dois meses de quarentena. E isso não só aqui no Brasil, como vimos, está acontecendo no mundo inteiro.

Estamos vendo que um dos principais desafios durante esse período, que é inédito para todos nós, é manter a sanidade mental. Nossa cabeça pode ser nosso maior aliado, mas também nosso maior inimigo, e nesse artigo meu objetivo é te ajudar a fazer de sua mente o seu maior aliado no seu aprendizado e fluência do inglês.

Para começar, o primeiro ponto que precisamos entender é que quase tudo na nossa vida é reflexo da nossa mente. Seja por nossas atitudes, comportamento, sucesso, aprendizados, falhas e etc… Então como fazer a nossa mente ser forte, resiliente e focada no seu próprio sucesso?

Eu ouso dizer que o inicio é conhecendo a si próprio. Conheça a si mesmo e terá o mundo em suas mãos. Isso porque quando conhecemos nossas limitações, onde temos talento e nos destacamos e onde precisamos melhorar, conseguimos ter o domínio quase que completo do nosso agir. Chamo isso de consciência plena.

Mas e aí, o que isso tudo tem a ver com aprender inglês de verdade? Tem tudo a ver, porque aprender um novo idioma é puramente uma atividade mental, e por incrível que pareça, e também o contrário do que nos é ensinado, o ciclo de aprendizado de um novo idioma pode ter muito mais limitações psicológicas do que relacionadas ao conteúdo da língua em si.

Vou te dar um exemplo: Na FALA, alguns de nossos alunos quando chegam até nós já estudaram por anos, e existem aqueles que até por mais de 10 anos. Para esses alunos pouco falta para o aprendizado do conteúdo do idioma, mas na hora da fluência, de se comunicar, eles tem uma certa dificuldade. Isso é uma limitação psicológica, e que tem que ser tratada como algo da mente para que seja superada.

Nessa quarentena e no pós-quarentena você pode acelerar o seu inglês com essas dicas:

  • – Fazer um mapa mental sobre si próprio:

Fazer um mapa mental para que de uma forma visual você consiga identificar e enxergar facilmente suas fortalezas e suas fraquezas.

  • – Tenha um mentor ou conselheiro:

Ter um mentor ou conselheiro é muito importante para nos manter no caminho, é como um guia para quando não conseguir sozinho, este o ajude a manter o foco e direção correta, e caso precise podemos te ajudar na FALA!

  • – Trabalhe para mitigar suas dificuldades e para destacar seus talentos:

Uma vez que você tem seu mapa mental feito irá conseguir ver suas fraquezas, e são nelas que você deve focar para melhorar, para diminuir. E de outro lado, você também irá ver suas fortalezas, e essas devem ser cada vez mais destacadas, pois fazem você brilhar.

  • – Coloque em prática, muita prática e se desafie:

Feito tudo isso, agora é hora de sair da teoria e colocar tudo na prática, e digo muita prática. Para isso muitas vezes temos que nos desafiar, vencer bloqueios que podem até “doer”, mas o resultado e sensação depois são maravilhosos. Vai pra rua e mostra o que você pode fazer.

Empresas Contratando na Quarentena

Eu sei que essa quarentena está sendo muito difícil pra muita gente, e eu quero te ajudar nesses tempos difíceis.

Use a crise para uma revolução na sua vida.
Aqui embaixo tem 10 empresas listadas que estão contratando nessa quarentena, e para você que está se preparando para buscar novas oportunidades, fale inglês (@falaeducation), aumentam suas chances, pois inglês é sim exigência.

As empresas são:

  1. Itaú;
  2. Mercado Livre;
  3. Wildlife Studios;
  4. Amazon;
  5. Rede D’Or São Luiz;
  6. Hospital Israelita Albert Einstein;
  7. Zé Delivery;
  8. Iugu;
  9. AMcom;
  10. Bexs Banco.

 

“Todas as crises vem acompanhadas de muitas mudanças e oportunidades”


Fonte: @exame

Tutora FALA representa mulheres brasileiras em Harvard

Nossa tutora Rafaella Marinho Teixeira que representou o Brasil e as mulheres brasileiras em Harvard reside em Boston há mais de anos.

Atualmente ela é tutora de crianças especiais na cidade em que reside, (Boston/ Estados Unidos), e tutora de inglês na FALA.

Este não foi o primeiro evento em que ela participa em Harvard, no ano de 2017  Rafaella participou da Conferência do Brasil, na época ela assistiu um debate sobre direitos humanos, onde Wagner Moura foi o palestrante, e durante esse evento conheceu um grupo chamado Mulheres Brasileiras, mulheres brasileiras que moram nos Estados Unidos e se reúnem para discutir pautas sobre a visibilidade da mulher na sociedade, e desde então ela participa de diálogos relacionados ao assunto.

Então foi através desse grupo que em 2020, Rafaella foi convidada a participar do evento “African Cinemas: Women Fighting for our Future” com o cineasta Léo Cortana, onde falaram sobre mulheres lutando pelo futuro. O evento aconteceu no dia 09 de Março de 2020 na escola Afro Americana de direito de Harvard, e ela ainda nos relatou:

 

Tive a oportunidade de falar sobre a visão do aspecto espectador e também minha vivência na última viagem ao Brasil, foi graficamente falar sobre um assunto tão importante e mostrar as barreiras que nós mulheres enfrentamos no Brasil, por serem negras, de baixa renda ou simplesmente por sermos mulher.

Foto tirada no evento em Harvard: African Cinemas: Women Fighting for our Future – March 09, 2020. / Rafaella está em pé, primeira mulher da esquerda para direita.

Acompanhe a Fala nas redes sociais